Sabor com Letras | Moti Moti Cake Shop, mas poderia chamar Casa das Delicadezas
15875
single,single-post,postid-15875,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-7.6.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.6.2,vc_responsive
 

Moti Moti Cake Shop, mas poderia chamar Casa das Delicadezas

dsc_0507-2

16 out Moti Moti Cake Shop, mas poderia chamar Casa das Delicadezas

Quando entrei na confeitaria Moti Moti pela primeira vez, não fui atraída pela promessa de sabores excepcionais. Fui conduzida pelo o instinto que me fez criar uma máxima “Doces são reserva de felicidade. Que deve ser usada sem restrições para celebrar a alegria e confortar na tristeza”.

Não pensem que essa é uma desculpa esfarrapada para me deleitar, sem culpa, ao vício gerado pela dopamina que nos leva à maravilhosa sensação de recompensa e prazer.   Eu não sou o tipo facim facim que se deixa ser seduzida por qualquer grama de açúcar envolto em nomes gourmetizados ou travestido de belas formas.

Gosto é da experiência. Vou atrás da essência de sabores que me permita entrar em sintonia com memorias afetivas. Lá no fundo, vou atrás do cheiro do quintal lá de casa, do gosto do almoço caprichado aos domingos e das conversas com minha mãe à beira do fogão.

Nasci e cresci cercada pelas belas montanhas de Minas e não tenho nenhuma referência oriental em minhas reminiscências pueris ou tão pouco na vida adulta, mas quando coloquei o primeiro pedaço de Bolo Matcha na boca foi pra lá que fui transportada. Uma conexão mágica gerada por um crème pâtissière levinho que mais parece uma nuvem.

dsc_0507-2

Bolo de Matcha com Frutas | Fotografia @sigaadlab

 

A Moti Moti Cake Shop é uma confeitaria que também poderia atender pelo nome de Casa das Delicadezas. Tudo lá sugere cuidado. O serviço é amoroso e cada doce alarga de forma sutil a experiência do paladar. Os sabores são equilibrados, tudo com pouquíssimo açúcar e as texturas são acolhedoras. É como levar o coração para tomar banho de cachoeira em dias de sol.

Digo, sinceramente, não fui cativada no primeiro momento. Já disse que não sou assim facim. A loja e os doces são lindos, mas não são exóticos, parecem uma novidade conhecida. Isso porque a base é de confeitaria francesa, mas tudo feito com um toque oriental. E justamente por isso que na primeira vez que fui lá saí apenas com um saquinho de petisco de macarrão sem glúten. Sim, lá também produz pães  como o Melon Pan, Trança de Azuki e Pão de Forma e ainda, esses maravilhosos aperitivos saborizados com wassabi, pimenta, manjericão e uma infinidade de temperos.

Depois de muito tempo voltei e experimentei o meu primeiro doce. E por eles que de lá para cá, todos os sábados após o almoço ir até a Moti Moti passou a ser um programa garantido.

dsc_0524

Cheesecake Oriental | Fotografia @sigaadlab

Moti é um tipo de arroz japonês consumido principalmente no Ano Novo e simboliza a união. Ele é muito usado para fazer doces e bolos. É a inspiração para o nome da loja e para um bolinho que tem lugar cativo na vitrine – Moti Cake: massa de pão de ló oriental recheado com frutas como kiwi, pêssego e morango, tudo coberto pela massa de Moti.

Há ainda Choux Cream, Panna Cotta e o Cheesecake Oriental. Este último é feito com uma massa chiffon levíssima assada em baixa temperatura por 2h. O resultado é uma massa fina, suave e delicada. Indescritível.

Vanessa Liu é a confeiteira responsável por transformar cada um destes doces em uma vivencia única permeada de sabor e suavidade. Lucas, seu marido, aos finais de semana apoia no atendimento e fideliza os clientes com uma simpatia singular.

20161015_115015

Da esquerda para a direita: Vanessa Liu Ming Shuang e Giovanna

Serviço

Rua Luis Gois, 1196 – Vila Mariana

Funcionamento: Segunda a sábado
Tel: 55 11 5594-6865

www.motimoticakeshop.com.br

No Comments

Post A Comment